Inverno no Hemisfério Norte

O FRIO ESTAR CHEGANDO NO HEMISFÉRIO NORTE



Quando uma brisa fria vem para varrer as folhas do outono, é sinal que os primeiros flocos de neve não tardarão a chegar ao Hemisfério Norte. Com eles, chegam também os turistas, atraídos pelo início da tão aguardada temporada de ski. Alguns dos mais conceituados centros para a pratica do esporte se encontram nesta metade do globo, espalhadas por Canadá, EUA e Europa. Hoje, as estações de ski são verdadeiros resorts, com estrutura completa e amplo leque de atividades para agradar desde o mais experiente esquiador, até quem não tem nenhuma intenção de se aventurar deslizando montanha abaixo. Fora os esportes de inverno, ainda há muito que se ver acima da linha do equador entre os meses de dezembro e março, como a aurora boreal, no extremo norte do Canadá, o clássico clima natalino de Nova York, as luzes de Paris.
 


Canadá



       É frio! Não há como negar. Afinal, além de contar com as costas do Atlântico e do Pacífico, o Canadá também possui litoral no oceano Ártico. Reduto de ursos polares, é o segundo maior país do mundo em extensão, só perdendo para a Rússia.

Os esportes de inverno são uma grande atração por aqui, com destaque para as estações de Whistler, Banff, Lake Louise e Mont Tremblant.

      Além das estações de ski, um raro e belo fenômeno natural também atrai turistas ao Canadá neste período. A Aurora boreau colore o céu da afastada cidade de Whitehorse, no território de Yukon, de paisagens exóticas e intocadas na fronteira do Canadá com o Alaska.


                                              Estados Unidos

    
 Com resorts de infraestrutura impecável, amplo leque de destinos e paisagens de tirar o fôlego, os EUA se consagram como um dos melhores lugares para a prática de esportes de inverno.
           As inúmeras estações de ski se espalham de costa a costa. Apenas no Colorado, são sete: Vail, Breckenridge, Beaver Creek, Keystone, Steamboat Springs, Snowmass e a badalada Aspen. As duas últimas merecem uma menção especial, pois, falando de luxo e sofisticação, não há nada nas Américas parecido com o complexo por elas composto. Aspen preserva o charme vitoriano em suas ruas que reúnem as maiores grifes internacionais, cafés aconchegantes e galerias de arte.
Os esportes de neve são definitivamente as estrelas da estação, mas não brilham sozinhos. Durantes as festas de fim de ano, a cidade de New York revela cenários cinematográficos dignos de um especial de Natal hollywoodiano, fazendo a frase “a vida imita a arte” ganhar muito mais sentido.

                                   Europa
 
 

Além de cidades cosmopolitas, com suas paisagens únicas que unem a arquitetura antiga ao design moderno, Áustria, França, Itália e Suíça também são famosas por algumas das melhores e mais requintadas estações de ski. Spas, resorts, lagos, florestas, paisagens de pôr-do-sol em montanhas cobertas de neve, os melhores vinhos e a diversificada cozinha europeia são os ingredientes perfeitos para proporcionar uma viagem inesquecível!
Dentre os chamados destinos de neve, a França é um dos favoritos dos brasileiros, principalmente nas estações do Club Med, muito conhecido por aqui por seus resorts em Itaparica, Rio das Pedras e Trancoso. São elas: Peisey-Vallandry, Tignes Val-Claret, Serre Chevalier, Valmorel, Val d’Isère, Chamonix Mont Blanc, berço do ski europeu e maior montanha do continente.
Essas estações de ski, por si mesmas, já seriam atrativos espetaculares para uma viagem, mas se tratando da França, nunca podemos dispensar uma passadinha pela capital Paris Para saber a razão do título de "Cidade Luz", experimente uma visita no Natal!











Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

JOÃO PESSOA ,PARAIBA -BRASIL

DRONE DJI MAVIC PRO